Loader

Benefícios da Sardinha – Por que comer sardinha faz bem?

Por : | 0 Comentários | On : 07/05/2016 | Categoria : Alimentos

Beneficios da Sardinha

Muita gente desconhece quais são os benefícios da sardinha, e ainda, caem nos ditos populares que este peixe não agrega valores em nossa dieta.

Pelo contrário.

O consumo de pescados é importantíssimo para nossa boa alimentação, principalmente pela rica fonte de Ômega 3.

Ficou interessada(o)? Continue conosco para aprender mais sobre os benefícios da sardinha em nossa dieta. (Além de conhecer nossa receita).

Origem

O Nome do pescado, “Sardinha”, é devido ao fato de associação à ilha da Sardenha, onde havia grandes quantidades deste peixe.

O nome vem do termo Latino Sardina. No Brasil, a pesca é mais intensa entre os meses de julho e agosto.

Há vários tipos de Sardinhas, sendo comum seu tamanho ficar entre 10 a 15 cm.

Quais são os Benefícios da Sardinha?

Benefícios da Sardinha

O Consumo de peixes é importante para o organismo humano, pois peixes agregam muitas vitaminas e proteínas à dieta.

Além de auxiliarem na sua alimentação saudável, também faz combate na prevenção de várias doenças.

No caso da sardinha, sua fama de alimento inócuo, ou “primo pobre”, por conta de seu baixo preço, é um verdadeiro disparate.

Isso vem mudando à luz de informações corretas disponibilizadas pelos diversos tipos de mídia [1].

Rica em Ômega 3, em níveis muito superiores ao do “primo rico”, o salmão, esse alimento facilmente encontrado.

Também possui altos níveis de cálcio e vitamina B12, elemento este importante na prevenção de doenças cardíacas e derrames.

O cálcio presente, de fontes não lácteas (presente nas espinhas do peixe), é melhor absorvido pelo organismo humano na presença da vitamina D (elemento este também com boa presença na sardinha).

Para pessoas que são alérgicas a fontes lácteas de cálcio, a sardinha é um excelente substituto.

Enfim, podemos considerar a sardinha quase como um alimento funcional.

Além do ômega 3, cálcio, e vitamina B12, esse pescado possui boas quantidades de Ômega 6 e 9 (Óleos essenciais para a saúde humana, em quantidades moderadas).

Possui também quantidades significativas de ferroselênio, além de ser pobre em mercúrio, metal pesado com grande presença no pescados grandes, como o cação.

Nível de consumo adequado para se obter os benefícios da sardinha

O consumo do peixe deve ser, preferencialmente, em formas cozidas, ou assadas.

O consumo do peixe de forma frita, destrói o Ômega 3 e os outros componentes, fazendo assim com que seu valor nutricional seja reduzido consideravelmente.

Desta forma, nossa receita de sardinha de panela de pressão contribui para o consumo ideal do peixe.

Além de agregar um sabor delicioso ao mesmo, através do tempero e condimentos utilizados no preparo.

Como opção, a sardinha pode ser consumida de forma grelhada, ou assada com ervas, e também através de latas industrializadas, sem que os seus nutrientes essenciais estejam ausentes.

Cuidado com a sardinha enlatada

No entanto, o consumo do peixe através do modo enlatado, deve ser moderado.

Como todo produto industrializado, é rico em sódio e outros químicos para sua conservação, além de agregar mais calorias, pelo fato do pescado ser conservado em óleo.

Resumindo

A sardinha é um excelente e completo alimento.

Contudo, como recomendação, pessoas que possuem colesterol elevado e pressão alta, devem consumir o peixe de forma controlada.

Principalmente, em se tratando das sardinhas industrializadas, pelo excesso de sódio e óleo usados em sua conservação.

Para usufruir dos valores e benefícios da Sardinha, busque sempre adquiri-la fresca como em mercadões e peixarias de confiança.

Confira mais receitas de peixes:

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *